14 agosto 2009

Meu livro

Oi gente,
Estou escrevendo um livro e estou me divertindo muito!. Vocês não imaginam como é doido este processo de pensar em uma história que renda duzentas páginas, eu imagino aqueles autores que escrevem 500 páginas, como devem sofrer de ansiedade e expectativa.


Mas é uma coisa mágica. Comigo aconteceu assim: Desde pequena meu sonho sempre foi escrever um livro de contos de fadas,ainda é, porque o que estou desenvolvendo é um romance que não tem nada de conto de fadas.Voltando ao assunto, ano passado conversei com um Tio meu que tinha uma editora de livros e comentou que escrever livros é como mostrar para o mundo o seu jeito de viver.

Adorei essa história e comecei a pensar, bem, se eu levo a minha vida como um mundo cor-de rosa e vivo sonhando acordada com situações bizarras, porque não retratar isto em um livro. Muitas pessoas quando me conhecem falam que sou divertida e espontânea no que falo, de tanto ouvir isso descobri que na verdade eu vivo no fantástico mundo da Carolina e que para mim, a felicidade e o “cômico” não podem sair de moda nunca!!! Então resolvi começar a escrever essas minhas idéias mirabolantes que fazem tantas pessoas rirem. Até aqui vcs devem estar pensando, poxa ta fácil. É só ser um pouco pirada nas idéias, criar um mundinho á parte e pimpa, escrever um livro. Aham, mas não é tão fácil quanto parece!! Hahaha

Eu sempre pensei em escrever um livro, então desde os 11 anos de idade escrevo diários sobre a minha adolescência. Como eu sempre passei por situações bizarras de fazerem gargalhadas saltarem da boca de qualquer um, não tive muita dificuldade para começar e elaborar o meu livro.

Já escrevi 120 páginas e olha que comecei mês passado.Estou mudando muita coisa da
história original só para dar mais suspense.Não que a história original tenha sido monótona, pelo contrário, quem viveu esta época comigo... se surpreendeu todos os dias com uma notícia diferente do “ sujeitinho”! Por enquanto é só isso que posso contar...mas eu tenho certeza que essa história vai agradar mta gente.Por hoje é só pessoal!

3 comentários:

Isa GT disse...

Conseguir realizar coisas difíceis é o que dá significado à vida.
Nunca vi ninguém encontrar a felicidade a fazer coisas fáceis.
Cada meta ganha é ficar mais forte para enfrentar a seguinte.
Se gostamos então é ouro sobre azul.
Boa-Sorte

O empírico disse...

Quero uma cópia autográfada, hein!

Tainah disse...

Doida p/ ler esse livro, principalmente o final (se é q ele já foi decidido)...
Bjos

Visitas